Arquivo

Posts Tagged ‘Imigrantes Digitais’

Conflito de Gerações?!?!

Não tenho o nome do autor, vi no bytequeeugosto e achei interessante.

O que pensam e querem os estudantes de hoje?

O vídeo abaixo, resume algumas das características dos estudantes do séc. XXI: como aprendem, como eles desejam aprender, etc. Foi concebido para sensibilizar e motivar professores a integrar a tecnologia em suas aulas, assim como motivar os líderes políticos a oferecer formação continuada e equipamento adequado para que esta integração possa ocorrer.

Por ter sido criado em 2007, talvez as estatísticas apresentadas já sejam diferentes, mas a ideia central continua a mesma.

Aproveite, reflita e parta para a ação se ainda não o fez!

TeachParentsTech: site ajuda crianças a ensinar os pais a navegar pela web

Quantas vezes você recebeu ligações de sua mãe, avó, pai e etc, pedindo uma ajudinha na hora de navegar pela web? Perguntas como:

  • como eu anexo “uma coisa” no e-mail?
  • como eu mudo a minha mensagem no Messenger?
  • socorro, minha senha não funciona mais, como faço uma nova?
  • como eu mudo a minha foto no perfil do Orkut?
  • como faço para copiar e colar?
  • etc…

O Google lançou um site que promete ajudar crianças a ensinar seus pais os princípios básicos da computação e da navegação pela web.

O TeachParentsTech permite selecionar entre mais de 50 vídeos-tutoriais para enviar para sua mãe, pai, seu antigo colega de faculdade, explicando coisas tão simples como o copiar-colar ou a transferência de arquivos grandes pela Internet. Selecione seu vídeo, digite seu e-mail e o do destinatário e envie.

Achei a ideia muito interessante, mas agora falta versões em outros idiomas não é Google?

Fonte: GoogleBlog

Minha filha não lê mais!

Será?

Estavamos apenas escaneando uma imagem e foi então que…

Ela: seu olho está vermelho assim porque você passa o dia inteiro no computador.
Eu: na verdade eu tive insônia, foi só isso.
Ela: minha filha é como você, fica o dia todo no computador, ou então o substitui pelo celular. Eu acho uma pena, e outra coisa, ela não lê mais! Antes ela adorava livros e agora só fica no computador.
Eu: eu leio muito, eu leio sempre, eu só migrei do papel para outro formato, acredito que sua filha também.
Ela: eu acho muito errado isso, não é  a mesma coisa. Ler tem que ser no livro.
Eu: eu leio livros, mas tenho lido muitos e-books, talvez sua filha faça o mesmo.
Ela: e-o que?
Eu: livro eletrônico! Eu leio no computador, as vezes no meu ipod e de vez em quando eu também leio livro de papel.
Ela: ahhhh, mas é por isso que seu olho está vermelho!

Algumas horas antes eu havia visto o vídeo abaixo, sugestão de uma colega do Grupo de Estudos Educar na Cultura Digital divulgado pelo @educultdigital, onde podemos fazer uma excelente reflexão sobre imigrantes digitais vs nativos digitais e seus hábitos de consumo em relação a leitura.

É neste ponto que volto no meu diálogo verídico de mais cedo, e estendo o pensamento lá explicitado  para o ambiente escolar na sua generalidade. O que está em questão é o gadget ou a leitura? E neste contexto, por que negar os avanços da tecnologia e da cultura que invadiram nossas casas e fazem parte do cotidiano de nossos jovens?

Bom vídeo!

%d blogueiros gostam disto: